Nutrição

NutriçãoPromover o hábito da alimentação saudável é outra prioridade na Escola Criar e Recrear. Desde 1995, o cardápio é padronizado, elaborado por uma nutricionista, com acompanhamento diário de uma técnica em Nutrição. O lanche tem o colorido e o sabor variado das frutas. Almoço e jantar são preparados com valores nutricionais adequados ao crescimento da criança, sempre respeitando as necessidades de cada faixa etária.

Comer bem significa aprender mais e melhor. E para educar os aprendizes a comer corretamente, além do cardápio padrão, as crianças também recebem palestras sobre os alimentos. 

 

CONFIRA OS MAPAS DE REFEIÇÕES 2017 NO SISTEMA

Saiba a seguir porque fazemos questão de cuidar bem de pertinho das refeições dos nossos aprendizes! Acesse também os mapas das refeições disponíveis acima!

Qual é a proposta nutricional da Criar e Recrear?
Em virtude da formação dos hábitos alimentares ter início na primeira infância e devido às elevadas prevalências de doenças crônicas em indivíduos cada vez mais jovens, o setor de Nutrição da escola Criar e Recrear tem o compromisso de incentivar a prática de uma alimentação mais saudável que garanta mais qualidade de vida tanto na infância e adolescência, como na idade adulta.

Por que a escola proíbe a entrada de lanches e prefere fornecer um cardápio padronizado?
Porque quando a alimentação é feita na escola é possível assegurar a oferta de uma alimentação com quantidades adequadas de calorias e de nutrientes necessários para o normal funcionamento do organismo e garantir a saúde.

Nutrição InfantilQue benefícios são garantidos à saúde das crianças com a padronização do cardápio?
Com a padronização do cardápio, a promoção da saúde é feita através do controle de alimentos refinados ricos em açúcares, sódio e gorduras.

A escola está preparada para atender crianças com algum tipo de restrição alimentar?
Sim. Hoje a escola atende alunos com intolerâncias alimentares como ao açúcar e proteína do leite de vaca (lactose e caseína, respectivamente). Para aquelas crianças em tratamento para emagrecimento, o setor de Nutrição prioriza o fornecimento de alimentos integrais, leite e derivados desnatados e incentivo no consumo de frutas, verduras e legumes.

Que tipo de alimentos são excluídos do cardápio e por quê?
Alimentos industrializados como alimentos embutidos (presunto, mortadela, salame), instantâneos, caldos de carne, queijos prontos salgados (queijo ralado), sucos prontos, achocolatados, entre outros. Todos esses alimentos apresentam quantidades em excesso de sódio que podem ocasionar em retenção hídrica, inchaços, desidratação e problemas renais e cardíacos.

E quais são os alimentos priorizados?

Alimentos in natura como frutas, verduras e legumes; integrais como o pão integral, arroz integral e uso de biscoitos com menos sódio e açúcares.

As crianças costumam rejeitar o alimento saudável?
Sim, algumas crianças apresentam resistência quanto ao consumo de frutas, verduras e até sucos naturais. Mas, é nosso trabalho diário não desistir dos mesmos, incentivando sempre a prática de hábitos alimentares saudáveis.

Nutrição - educação alimentarEste ano, a escola resolveu introduzir o pão integral no lanche das crianças. Por que esta escolha? E como tem sido a aceitação?
O pão integral foi escolhido para substituir o pão branco, pois ambos apresentam quantidades quanto às calorias, porém, o pão integral tem como diferencial a oferta de fibras que favorecem um melhor controle da glicemia, peso corporal e previne as dislipidemias (alterações nas concentrações séricas de colesterol total, triglicérides, LDL-colesterol e HDL-colesterol).

Por que é tão importante o acompanhamento nutricional dentro da escola?
É imprescindível o acompanhamento nutricional dentro da escola, pois é nesse ambiente que a criança passa a maior parte do seu dia e dessa forma recebe as principais refeições diárias. Além disso, crianças com distúrbios alimentares têm um acompanhamento mais de perto por profissionais capacitados.

De que maneira os pais, em casa, podem colaborar com a proposta nutricional da escola?
A participação dos pais quanto a proposta nutricional da escola é decisiva, pois é em casa e na companhia de seus pais e/ou responsáveis que as crianças devem ser estimuladas a consumir alimentos nutritivos e saudáveis. Geralmente crianças resistentes a alguns alimentos saudáveis não recebem incentivo em casa. Nesse sentido, nosso trabalho na Criar fica prejudicado, uma vez que se a criança não é estimulada em casa ela não perceberá a importância de uma alimentação mais saudável e que garanta melhor qualidade de vida.

Por que a criança que se alimenta adequadamente aprende mais?
Porque se a criança se alimenta melhor, quali e quantitativamente, o seu organismo irá dispor de nutrientes necessários para desenvolver seu comportamento cognitivo e assim, seu rendimento escolar será sempre elevado.